Conheça 7 mulheres empreendedoras de sucesso - Contabilidade em Joinville - Ação

Blog

18 de março de 2021


Conheça 7 mulheres empreendedoras de sucesso

Se hoje contamos histórias de grandes empreendedoras bem-sucedidas, é porque muitas mulheres lutaram anteriormente para conquistar o espaço e a relevância feminina na vida em sociedade. A jornada da mulher no Brasil não foi e não é fácil – o voto feminino, por exemplo, se tornou um direito das cidadãs há menos de 100 anos, em 1934. Em 2019, as mulheres ganharam 22% a menos do que os homens no desempenho de funções profissionais equivalentes, de acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua realizada pelo IBGE em 2020. Até hoje, são as mulheres as mais afetadas pelo desemprego, pela aposentadoria reduzida e pela dupla jornada de trabalho invisível com o serviço doméstico.

Pouco a pouco, a realidade vai se tornando mais justa para as mulheres e tornando suas histórias de sucesso cada vez mais frequentes – não é à toa que, hoje, o Brasil possui a 7ª maior participação feminina entre os empreendedores iniciais, segundo a Pesquisa Global Entrepreneurship Monitor de 2019. Para inspirar a todas as brasileiras que sonham em abrir o próprio negócio, aqui estão as histórias de 7 mulheres que prosperaram em suas jornadas empreendedoras:

Luiza Helena Trajano

Luiza Helena Trajano é, sem dúvidas, um dos maiores exemplos de empreendedorismo feminino nacional e uma das mulheres mais poderosas do Brasil. Em 1990, Luiza assumiu as rédeas do negócio que começou como uma pequena loja de seus tios no interior de São Paulo. Poucos imaginavam que a loja se tornaria o Magazine Luiza, uma das maiores marcas de varejo do país, que contou com a presidência de Luiza Helena por 24 anos.

Luiza trabalhou pela expansão da loja em território nacional e conseguiu resultados satisfatórios: hoje a marca conta com 1199 lojas físicas, distribuídas por 819 cidades de 21 estados, além de forte presença no e-commerce. Somente em 2019, o Magalu acumulou quase 30 bilhões em total de vendas, colocando Luiza no seleto grupo de empreendedores bilionários.

O Magazine Luiza se mantém no ranking das “Melhores Empresas para se Trabalhar” há 22 anos consecutivos, e Luiza coleciona premiações e títulos que exaltam seu desempenho enquanto líder, empreendedora e mulher. Além de atual Presidente do Conselho de Administração do Magalu, Luiza hoje se dedica como Embaixadora Endeavor, no objetivo de mentorar, inspirar e investir em novas empreendedoras pelo Brasil.

Ana Lúcia Fontes

Nascida em uma pequena cidade de Alagoas, Ana Fontes veio de uma família simples, estudou em colégio público e pagou a graduação em Publicidade e Propaganda vendendo bolos. Pós-graduada em Marketing e em Relações Internacionais, Ana trabalhou por 17 anos em consecutivos empregos que não lhe ofereciam a oportunidade de crescimento que buscava. Sua experiência no mercado de trabalho lhe confirmava o desafio da superação feminina no ambiente corporativo.

No ano de 2009, teve a oportunidade de participar do “Programa 10 Mil Mulheres da FGV”, que oferece capacitação em gestão de negócios para mulheres. Com sua experiência prévia, Ana acumulou uma educação empresarial de destaque, que a inspirou a fundar a Rede Mulher Empreendedora: iniciativa online que reúne conteúdo informativo, frentes de capacitação para mulheres em situação de vulnerabilidade e outros insights que ajudam mulheres a transformarem suas ideias em negócios viáveis. É hoje a maior rede focada em empreendedorismo feminino do Brasil e já contribuiu para o sucesso de mais de 270 mil empreendedoras desde 2010, com mais de 50 mil mulheres cadastradas atualmente.

Chieko Aoki

Chegada no Brasil aos 6 anos de idade, Chieko Aoki nasceu no Japão mas se naturalizou brasileira. Interessada pelo setor da hotelaria, Chieko construiu sua carreira fora do país trabalhando em diversos hotéis nos EUA e em países da Ásia e Europa, onde buscava referências e inspiração para iniciar seu próprio negócio no ramo.

Chieko retornou ao Brasil em 1992 e, em 1997, deu início ao seu projeto pessoal: fundou a rede de hotéis Blue Tree Hotel, que veio a se tornar uma das maiores cadeias hoteleiras do Brasil. Com hotéis e resorts espalhados por todas as regiões do país, a rede se dedica ao segmento business e luxo, sendo referência em elegância, estilo próprio, inovação e excelência dos serviços, produtos e pessoas. Diante de sua trajetória, Chieko Aoki é considerada uma das executivas mais respeitadas do país, inserida em um mercado altamente competitivo e majoritariamente masculino, e foi reconhecida pela revista Forbes como “a segunda mulher de negócios mais poderosa do Brasil”.

Sônia Hess

Seu Duda ia à São Paulo comprar tecido para abastecer o estoque de sua vendinha e, numa dessas viagens, exagerou na quantidade de tecido comprado. Para um pequeno negócio, o excedente do estoque significa prejuízo. Pensando no bem-estar da família, a esposa Dona Lina entrou em cena: descosturou uma camisa pronta, entendeu como funcionava a montagem e contratou duas costureiras. Juntas, as três iniciaram a produção da linha de camisas própria que deu origem à marca Dudalina, em 1957.

Sônia Hess é filha de Seu Duda e Dona Lina, junto a outros 11 irmãos homens. Foi de Dona Lina que Sônia herdou o espírito empreendedor, mais tarde ganhando o posto de presidente da camisaria. Sua gestão trouxe frutos positivos: a Dudalina se tornou a maior exportadora de camisas do Brasil, reconhecida por suas roupas de alto padrão.

Zica Assis

Heloisa Helena Assis, carinhosamente conhecida como Zica, nasceu em uma família humilde com outros 12 irmãos e começou a trabalhar aos 9 anos de idade pela necessidade de ajudar com as contas em casa. Trabalhando como faxineira, babá e empregada doméstica ainda na infância, Zica era constantemente desaprovada pela aparência de seu cabelo, cacheado e volumoso. O desejo por uma mudança de vida levou Zica a se inspirar em seus fios tão criticados, percebendo um nicho de mercado pouquíssimo explorado até aquele momento.

Zica Assis iniciou um curso de cabeleireira e, paralelamente, começou a misturar diferentes matérias-primas na busca da receita que traria balanço e leveza aos seus cachos. Muitos testes foram necessários até encontrar a fórmula que rendeu bons resultados em seus cabelos e foi bem aceita entre os conhecidos, inspirando a coragem necessária para abrir o Beleza Natural: primeiro instituto especializado em cabelos crespos e ondulados do Brasil. Começou como um salão de 30m² que acumulava filas desde às 5 horas da manhã, e mais tarde incorporou a formulação dos produtos próprios para o tipo de cabelo atendido. Hoje, existem mais de 40 unidades do Instituto Beleza Natural espalhadas pelo Brasil, consolidando-o como a maior rede especializada em cabelos cacheados do país e tornando Zica uma das 10 empresárias mais poderosas da nação (de acordo com a revista Forbes).

Cristina Junqueira

Formada em Engenharia de Produção na USP, com mestrado e MBA em Negócios feitos fora do país, Cristina Junqueira sempre se mostrou como uma mulher de grande potencial no ambiente corporativo. Com toda a experiência acumulada enquanto analista interna do Itaú e em cargos de liderança no Unibanco, foi em 2013 que Cristina abraçou a missão do próprio negócio. Com outros 2 sócios, fundaram a startup Nubank, que veio a se tornar uma das maiores fintechs do Brasil na atualidade.

Cristina usou seu conhecimento sobre a dinâmica tradicional dos bancos para propor um modelo de negócio mais moderno que, embora similar a um banco, oferece custos bem mais baixos ao consumidor e se beneficia do amplo alcance da internet para muitos de seus serviços. Cartão de crédito sem taxas e comunicação direta com o usuário foram alguns dos diferenciais que levaram o Nubank a conquistar mais de 20 milhões de clientes no Brasil. E Cristina Junqueira não para de fazer história: em 2020, foi a primeira brasileira a aparecer visivelmente grávida na capa da Forbes, renomada revista de negócios.

Sandra Costa e Janete Vaz

Sandra Costa e Janete Vaz eram bioquímicas e amigas, e nada mais. Sem qualquer experiência com gestão de negócios, tomaram as histórias de coragem, humildade e persistência de seus familiares como inspiração para caminhar rumo ao empreendedorismo. Em 1984 na cidade de Brasília, Sandra e Janete fundaram o Laboratório de Análises Clínicas Sabin, com um total de três colaboradores – uma recepcionista, uma auxiliar de serviços gerais e um colhedor. 

Uma longa jornada de aprendizado e descobertas se iniciou a partir desse momento, cujos frutos foram positivos: o Sabin é hoje um dos maiores grupos de medicina diagnóstica do Brasil, com mais de 5 mil funcionários e unidades nas 5 regiões do país. O respeito, a ética e a valorização das pessoas permanecem no centro da estratégia empresarial mesmo com a grande expansão do Sabin. A empresa é, inclusive, signatária do Pacto Global da ONU desde 2003, iniciativa que mobiliza a comunidade internacional na disseminação de práticas e políticas socioambientais e econômico-financeiras. 

Por trás de todo negócio de sucesso, existe uma gestão eficiente e organizada das demandas fiscais, contábeis e financeiras. Se você quer planejar o crescimento da sua empresa sobre bases sólidas e estratégicas, conte com o auxílio da Ação Contabilidade! São quase 30 anos de experiência no mercado, desenvolvendo soluções empresariais em total compromisso com os objetivos de nossos clientes. Agora somos uma Contabilidade Digital, com aplicativo próprio que garante documentos, relatórios e demais informativos na palma da sua mão. Juntas podemos ir mais longe! Conheça nossos serviços: https://www.acaocontabilidadejoinville.com.br/

Deixe seu comentário

JUNTOS PODEMOS IR
MAIS LONGE!
FALE CONOSCO.

+55 (47) 3028-0201