Entenda a importância da reserva financeira para o seu negócio - Contabilidade em Joinville - Ação

Blog

30 de novembro de 2021


Entenda a importância da reserva financeira para o seu negócio

Equilibrar as receitas e despesas e manter um bom controle sobre o dinheiro que entra e sai da empresa não é suficiente para garantir a saúde financeira do negócio. Empresas de todos os portes e segmentos estão sujeitas à ocorrência de imprevistos e emergências – cabe ao bom gestor ter sempre uma carta na manga para momentos de crise. Quando a crise diz respeito a gastos inesperados (e muitas vezes elevados), a solução está na reserva financeira.

Alguns empreendedores entendem a reserva financeira como preocupação para as grandes corporações, que lidam com demandas de larga escala e assumem grande risco econômico. Outros atribuem a necessidade da reserva financeira aos micro e pequenos negócios, em estágio de desenvolvimento, por ainda não terem atingido estabilidade no mercado. Aqui, vamos elucidar a importância da reserva financeira em todos os contextos empresariais, para gestores que desejam crescer com segurança e consistência.

Leia também: Reforma Tributária – o que muda para profissionais autônomos, micro e pequenas empresas

O QUE É RESERVA FINANCEIRA

O conceito é simples: a reserva financeira é um montante de dinheiro da empresa reservado apenas para cobrir imprevistos. É uma poupança emergencial que evita o desequilíbrio financeiro diante de gastos inesperados. A ideia é não aplicá-la em gastos rotineiros, como folhas de pagamento e demais contas mensais. Deve ser reservada para gastos fora do padrão, como troca ou reforma de maquinários, e é uma estratégia de segurança para atravessar grandes crises financeiras e outros cenários emergenciais, como a pandemia de Covid-19. A reserva financeira também pode viabilizar investimentos específicos que nem sempre cabem no orçamento cotidiano.

CAPITAL DE GIRO x RESERVA FINANCEIRA

É importante que os gestores entendam a diferença entre a reserva financeira e o capital de giro (dinheiro que circula no caixa da empresa). O dinheiro em caixa é proveniente das transações cotidianas e é empregado na quitação de despesas de curto prazo, para que a empresa não precise recorrer a créditos terceirizados. Já a reserva financeira não deve ser vinculada aos custos de funcionamento da empresa – é um dinheiro reservado para emergências, desassociado da manutenção da operação. O ideal é que o montante da reserva financeira não seja entendido pelos gestores como “dinheiro disponível”, mantendo-o exclusivamente guardado para imprevistos ou investimentos especiais. 

Leia também: Entenda as mudanças no Imposto de Renda para 2022

IMPORTÂNCIA DA RESERVA FINANCEIRA

Reserva financeira é estar sempre um passo à frente do inesperado, em prol da saúde financeira do negócio. É um recurso que efetivamente impede que a empresa quebre em momentos conturbados economicamente. Empreendimentos com reserva financeira evitam o endividamento, o gasto excessivo com juros, planejam investimentos futuros com estratégia e conseguem gerenciar emergências. A reserva possibilita trocas de equipamentos caros que estragam sem aviso prévio; viabiliza compras à vista, abrindo condições para negociar descontos. Se uma crise econômica abala a operação e a entrada em caixa não cobre as despesas mensais, a reserva financeira permite que a empresa não interrompa as atividades.

COMO MONTAR SUA RESERVA FINANCEIRA

Leia também: Conheça as siglas da contabilidade e seus significados

A tarefa de montar uma reserva financeira pode não ser tão simples, dependendo da lucratividade da operação de cada negócio. Existem estratégias contábeis que ajudam a reunir uma reserva financeira, acessíveis a todos os gestores que não querem mais ficar à deriva dos imprevistos. 

O primeiro passo é ter um controle de contas efetivo, para mensurar seus custos e despesas mensais com exatidão. O ideal é juntar uma reserva 6 vezes maior que os gastos mensais – diante desta meta, estabeleça a porcentagem do lucro mensal atualmente possível de ser reservada. A intenção é que o dinheiro da reserva financeira se acumule por muito tempo; portanto, investi-lo é uma excelente opção para aumentar a rentabilidade.

A segurança financeira está entre os alicerces que permitem o desenvolvimento sadio de uma empresa. As finanças do seu empreendimento podem ser gerenciadas de maneira estratégica, reduzindo as despesas e aplicando os lucros em áreas de grande retorno. A Ação Contabilidade atua no mercado empresarial há mais de 30 anos, desenvolvendo soluções contábeis para negócios dos mais variados ramos e portes. Contamos com equipe altamente capacitada para elaborar planos de ação alinhados com os objetivos da sua empresa. Agora somos uma contabilidade digital e dispomos de aplicativo próprio, para você receber documentos e demais solicitações instantaneamente, na palma da sua mão. Solicite um orçamento, será um prazer lhe atender: https://www.acaocontabilidadejoinville.com.br/contato/ 

Deixe seu comentário

JUNTOS PODEMOS IR
MAIS LONGE!
FALE CONOSCO.

+55 (47) 3028-0201